Não basta falar

Uma das principais causas de atraso no diagnóstico de TEA é a criança falar. Nem sempre é fácil reconhecer que uma criança que fala tem um atraso de linguagem. A verdade é que existem várias diferenças entre uma criança que tem somente atraso na fala e uma criança com autismo. A principal delas – nem…

E se meu filho for autista?

Quase que por acaso, enquanto trabalhava na revisão técnica de um livro, descobri este texto. Confesso que não o conhecia, embora pesquisando me parece que hoje ele é um texto bastante famoso. Foi escrito em 1987 por Emily Perl Kingsley e chama-se “Bem-vindo à Holanda”. É um relato extremamente singelo e, ao mesmo tempo, profundamente…

O falso autista

Felizmente, os pais têm procurado cada vez mais cedo avaliação e diagnóstico para as crianças que apresentam alguma alteração no desenvolvimento. Quando a criança já é maior, tem mais de 3 anos, o diagnóstico de TEA (ou não TEA) costuma ser simples ao olho treinado e à escuta atenta. Quando a criança é bem pequena,…

Pré-escola online – por que seu filho talvez ainda não consiga acompanhar

Durante a primeira infância, as crianças desenvolvem algumas habilidades básicas para que possam, gradualmente, compreender o mundo e as relações entre as pessoas. Alguns exemplos dessas habilidades iniciais são a capacidade de prestar atenção nas pessoas e imitá-las; reconhecer as emoções dos outros e usar palavras para expressá-las (“feliz”, “triste”, “louco”); saber que as pessoas…

Níveis de brincadeira

Existe uma ciência para tudo, e o brincar não é diferente. Muitos estudiosos dedicaram suas vidas a analisar, refletir e entender as brincadeiras das crianças, o que elas significam e como afetam e moldam o desenvolvimento infantil. Existem várias maneiras de classificar as etapas, fases ou níveis de brincadeira da criança, fragmentando em mais ou…

Reconhecendo sinais de ansiedade em crianças

Em adultos, a ansiedade tipicamente é provocada por preocupações ou medos excessivos, exagerados ou até mesmo irreais, que terminam gerando sintomas físicos (palpitação, inquietude, dor de cabeça, enjoos, insônia, etc). Já nas crianças, alguns medos são próprios da idade e não representam qualquer problema. Já outros são desproporcionais e causam sofrimento à criança, que nem sempre…